Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO   Nacional   2 de Set de 2008, 06:27

A revelação de que há mais de 20 mil professores sem subsídio de desemprego, a vitória do Sporting frente ao Braga e a passagem do furacão Gustav por Nova Orleães estão hoje em destaque na imprensa lisboeta.

O Diário de Notícias destaca em manchete “Mais de 20 mil professores sem subsídio de desemprego”.

    Os sindicatos dos professores revelaram segunda-feira que há mais de 40 mil docentes desempregados, anunciando que a maioria não reúne sequer requisitos para receber subsídio através do centro de emprego.

    O diário escreve ainda que a Fenprof defende menos alunos por docente para se criarem mais turmas.

    “Postiga dá liderança ao Sporting” é outro título em destaque no DN, referindo-se à vitória por 0-1 dos leões frente ao Sporting de Braga, em jogo da segunda jornada da Liga portuguesa de futebol, disputado em Braga.

    “Tribunal liberta traficantes de armas” é a manchete do Correio da Manhã, contando que dois magistrados libertaram dois suspeitos - em Castro Daire e Portimão - que estavam na posse de arsenal destinado ao crime.

    Sobre o jogo Sporting de Braga-Sporting, o matutino escreve “Leão de raça conquista liderança”.

    O Público faz manchete com o título “[Paulo] Portas manteve em segredo saída de Nobre Guedes durante um ano”.

    O jornal diz que Luís Nobre Guedes, apoiante de sempre de Paulo portas, demitiu-se da vice-presidência do CDS-PP.

    A demissão, adianta o Público, só agora é tornada pública, mas Nobre Guedes enviou a carta com o pedido de demissão em Setembro de 2007.

    O jornal puxa também para a capa os títulos “Furacão Gustav abrandou em Nova Orleães, cheias na Índia já fizeram 90 mortos” e “Prejuízos da Carris ‘valem’ 3 mil autocarros”.

    O Jornal de Notícias adianta na capa “Ministro do Superior [Mariano Gago] cercado de críticas”.

    De acordo com o jornal, reitores e sindicatos contestam distribuição de verbas do próximo Orçamento do Estado.

    O ex-ministro da Saúde Correia de Campos diz que falta ambição reformista ao ministério do Ensino Superior, acrescenta o JN.

    O jornal faz ainda chamada de capa com as eleições legislativas a realizar sexta-feira em Angola, titulando “MPLA alvo de suspeita”.

    O 24horas chama à primeira página “Militar da GNR assaltou três bancos”.

    O matutino diz que a polícia concluiu que para além destes três assaltos bem sucedidos o militar da GNR, apanhado em Dezembro, tentou roubar mais quatro bancos.

    O jornal anuncia ainda a detenção do irmão do assaltante do BES morto durante a operação policial e que o ““El Solitário” tentou suicídio em cadeia portuguesa”.

    O Diário Económico avança na sua edição de hoje “PT estuda quinto canal de televisão”.

    A Portugal Telecom, segundo o DE, pediu informação sobre o concurso, juntando-se à Zon, à Cofina e à Controlinveste.

    “Gestores compram mais acções das suas empresas” e “Estado só conseguiu dois mil excedentários em dois anos” são outros assuntos abordados no DE.

    Por seu turno, o Jornal de Negócios refere que “Função pública cobra promessa de aumentos salariais em 2009”.

    Os sindicatos da Função pública começam hoje a apresentar as suas propostas salariais e exigem que o Governo compense os trabalhadores pelo aumento da inflação.

    “CGD paga 63 milhões por 1,5 por cento do capital da Brisa” e “Perda de força do Gustav tira 10 dólares ao petróleo” são outras chamadas de capa do JdN.

    O semanário O Diabo destaca hoje uma entrevista ao ex-director nacional da Polícia Judiciária, Marques Vidal, na qual afirma que “o surto de criminalidade deve-se à desgraçada reforma dos códigos penais”.

    O Diabo realça ainda que “ordenações sacerdotais escasseiam em Portugal” e “Salários de juízes e magistrados do MP são os mais elevados da UE”.

    O triunfo do Sporting sobre o Sporting de Braga (0-1), que permite aos “leões” partilhar o primeiro lugar da Liga com o Nacional está hoje em destaque nas capas dos matutinos desportivos, que realçam o golo solitário de Hélder Postiga.

    “Postiga gelou pedreira”, titula A Bola, sobre foto do avançado sportinguista, que já jogou no FC Porto, nos festejos do “golo aos 3 minutos”, que deu a liderança aos “leões”.

    O jornal destaca ainda as formalizações dos contratos de Pelé (ex-Inter) pelo FC Porto e de Quaresma (ex-FC Porto) pelo Inter, referindo que o ala português se declarou “superfeliz após assinar 5 anos pelo Inter”.

    “Este leão não dá baldas”, anuncia O Jogo, também sobre foto dos festejos de Postiga e de Derlei, ambos ex-jogadores dos tricampeões portugueses, referindo que o avançado não marcava golos desde Novembro.

    O matutino desportivo refere tamb+em que “Pele assinou por 4 temporadas” e acompanhou “Quaresma às compras em Milão”.

    A mesma foto ocupa o espaço principal da capa do Record, com o título “Leões a abrir”, indicando que “Postiga decide logo aos 3 minutos”, permitindo ao Sporting juntar-se ao Nacional na liderança da Liga, enquanto “dragões já estão a 2 pontos e águias a 4”.

    O jornal diz ainda que as lesões no Benfica levam o treinador Quique Flores a “formar nova dupla”, anunciando que para o jogo com o Nápoles a linha da frente será constituída por Nuno Gomes e Suazo, o mais recente reforço dos “encarnados”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.