Resgate de mineiros chilenos começa quarta feira


 

Lusa/AO On line   Internacional   10 de Out de 2010, 08:46

O ministro das Minas chileno, Laurence Golborne, disse sábado que os 33 mineiros encarcerados numa mina em São José desde 05 de agosto deverão começar a ser resgatados a partir de quarta-feira numa operação que durará dois dias.

Já no sábado tinha sido dada como provável a libertação dos mineiros a partir de terça-feira.

O adiamento em um dia deveu-se à decisão das equipas de resgate de reforçar com tubos aço parte do poço pelo qual os 33 mineiros terão de passar, segundo o governante responsável pela pasta das minas.

Dos 622 metros do poço que será usado para o resgate, apenas 96 metros serão reforçados a aço já que o restante é constituído por rocha firme o suficiente para suportar a cápsula através da qual os mineiros serão resgatados.

"Esperamos que sexta-feira estejam fora", disse o ministro das Minas chileno, Laurence Golborne.

Os 33 mineiros – 32 chilenos e um boliviano – estão presos a 700 metros de profundidade numa câmara da mina desde 05 de agosto.

Os trabalhos para retirá-los registaram sábado um progresso decisivo quando uma das três perfuradoras que escavam estreitos túneis para chegar até aos mineiros conseguiu “romper” o teto da galeria.

O momento foi assinalado no local pelo toque de uma sirene que provocou o entusiasmo das centenas de pessoas, entre equipas de socorro, autoridades e familiares, que ali se encontram


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.