Novo ano lectivo

Redução do número de docentes não corresponde a diminuição de alunos

Redução do número de docentes não corresponde a diminuição de alunos

 

Lusa/AO online   Regional   13 de Set de 2010, 12:59

O Sindicato Democrático dos Professores dos Açores (SDPA) alertou esta segunda-feira, no início do ano lectivo, para uma "redução substancial" no número de docentes colocados nas escolas da região, que não corresponde a uma diminuição de alunos.
“Relativamente ao ano passado, foram integrados em quadro menos 12,3 por cento dos professores e nas colocações em contrato registou-se uma diminuição de cerca de 10 por cento. É uma redução substancial no número de professores no sistema, que não é acompanhada pela igual redução do número de alunos, na ordem dos 0,8 por cento”, afirmou Sofia Ribeiro, presidente do SDPA.

A dirigente sindical, que falava numa conferência de imprensa em Ponta Delgada, salientou “não ser expectável a redução" do número de professores nas escolas açorianas, já que "no ano passado foram colocados no continente muitos professores que estavam na região e libertadas vagas, a par das aposentações que se têm vindo a registar".

Segundo o SDPA, o decréscimo no número de docentes colocados este ano “não pode ter outra justificação que não seja uma diferente política de gestão dos recursos humanos” nos Açores, onde leccionam cerca de 5000 docentes.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.