Quinze feridos em cargas policiais contra manifestantes no centro de Madrid

Quinze feridos em cargas policiais contra manifestantes no centro de Madrid

 

Lusa/AO online   Internacional   14 de Nov de 2012, 15:04

Pelo menos quinze pessoas ficaram esta quarta-feira feridas em cargas policiais na avenida Gran Via, no centro de Madrid, durante um protesto não autorizado de centenas de pessoas que pretendiam solidarizar-se com a greve geral.

Entre os feridos há nove manifestantes e seis agentes policiais, segundo a Delegação do Governo, tendo uma pessoa sido detida, segundo fontes da Policia Nacional.

O protesto, identificado como tendo sido convocado pelo movimento dos indignados, pretendia inicialmente seguir o percurso definido para o protesto da tarde de hoje marcado pelas organizações sindicais.

As cargas policiais ocorreram próximo da Praça Cibeles quando os manifestantes, depois de terem tentado vários outros percursos - desviando-se constantemente do dispositivo policial montado no centro - pretendiam chegar ao Hospital La Princesa.

Os manifestantes pretendiam aí mostrar solidariedade com um grupo de trabalhadores que estão barricados no edifício desde o dia 2 de novembro em protesto contra o plano de transformação da unidade hospitalar num centro especializado para idosos.

Quando o grupo de manifestantes, entretanto engrossados por elementos dos piquetes de greve, pretendiam chegar a Cibeles encontraram-se com um forte cordão policial que realizou várias cargas para dispersar o grupo.

Dezenas de pessoas foram detidas e cerca de 20 ficaram feridas em várias incidentes ao longo da jornada de greve geral em vários pontos do território espanhol.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.