Queda da confiança dos consumidores na Alemanha faz recuar euro


 

Lusa / AO online   Economia   28 de Nov de 2007, 10:43

O euro recuava esta terça-feira face ao dólar, reagindo em baixa à divulgação do índice de confiança dos consumidores na Alemanha, que caiu inesperadamente para o mais baixo nível em dois anos.
O euro caiu até 1,4724 dólares (0,7 por cento), o maior recuo desde o dia 12 de Novembro, e transaccionava em 1,4747 às 10:10 horas (hora de Lisboa) , tendo terminado o dia na véspera, em Nova Iorque, em 1,4829 dólares.

O índice GfK de Dezembro, baseado num inquérito junto de 2000 pessoas, caiu para 4,3 pontos, contra 4,8 em Novembro, anunciou a empresa de estudo de mercado em Nuremberga. Está ao mais baixo nível desde Janeiro de 2006. A previsão média dos economistas consultados pela agência Bloomberg apontava para 4,4 pontos.

Esta quebra da confiança dos consumidores da primeira economia europeia contrasta com o optimismo dos empresários.

O índice IFO que mede a confiança dos empresários alemães subiu em Novembro, melhorando para 104,2 pontos contra 103,9 no mês anterior, segundo os dados divulgados terça-feira pelo instituto de conjuntura IFO que o elabora.

Esta subida, que não era esperada pelos analistas, sugere que a primeira economia da zona euro está a resistir à escalada dos preços do petróleo e à apreciação do euro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.