Telemedicina

PT Inovação liga hospitais pediátricos de Luanda e Coimbra


 

Lusa / AO online   Economia   30 de Out de 2007, 22:58

A PT Inovação vai ligar os hospitais pediátricos de Luanda e Coimbra através de plataformas de telemedicina, num projecto que junta parceiros como a TMN e a Angola Telecom e terá um custo inicial de 150 mil euros.
Fonte do grupo PT explicou à Lusa que o objectivo posterior será “fazer a triangulação entre Lisboa, Luanda e outros hospitais angolanos”, mas adiantou que para essa fase do projecto Peditel não está ainda estimado um orçamento.

A primeira fase experimental arranca na próxima quinta-feira (dia em que se iniciam as Jornadas Pediátricas de Luanda) e visa assegurar “a ligação em permanência” entre os hospitais de Coimbra e Luanda, para realização de sessões de teleconsulta e telediagnóstico na área da cardiologia pediátrica.

Explicando que os 150 mil euros do investimento inicial serão distribuídos por todos os parceiros (onde também se incluem a Unitel, Multitel, Hemo Portugal/Angola e os próprios hospitais), fonte da PT esclareceu que a PT Inovação vai fornecer as plataformas de telemedicina Medigraf, coordenar e gerir o projecto, além de suportar uma parte dos custos de telecomunicações.

A mesma fonte recordou que a PT Inovação já tem estas plataformas disponíveis em mais de 20 hospitais e outros tantos centros de saúde em Portugal e destacou ainda o papel do Hospital Pediátrico de Coimbra, que em matéria de unidade pediátrica “é uma referência a nível europeu”.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.