Polícia

PSP apreendeu no Faial 'cannabis' avaliada em 370 mil euros

PSP apreendeu no Faial 'cannabis' avaliada em 370 mil euros

 

Lusa/AO online   Regional   8 de Set de 2011, 17:53

A PSP/Açores anunciou a apreensão de 185 plantas de ‘cannabis’ no Faial, suficientes para preparar 9800 doses individuais, num valor de mercado estimado em cerca de 370 mil euros.
Esta apreensão resultou das investigações realizadas na sequência da detenção de quatro alegados traficantes de droga, ocorrida na terça-feira depois de um deles ter sido interceptado pela polícia a conduzir um automóvel sem carta de condução.

A detenção inicial do condutor, já referenciado como suspeito de tráfico de estupefacientes, acabou por levar as autoridades policiais a deter mais três alegados traficantes e a apreender 2045 doses de liamba.

As investigações que se seguiram permitiram agora a apreensão, na freguesia do Capelo, concelho da Horta, de 185 plantas de ‘cannabis’, que permitiriam preparar 9.800 doses individuais.

No mercado, este produto valeria, segundo as estimativas policiais, cerca de 370 mil euros.

Ainda no âmbito do combate ao tráfico de droga, a PSP deteve na freguesia dos Arrifes, em Ponta Delgada, um homem de 29 anos, já com cadastro, a quem apreendeu 275 doses de haxixe, 195 gramas de liamba e 1.375 euros, alegadamente resultantes da venda de droga.

Numa busca realizada à residência do homem foram ainda apreendidas três plantas de ‘cannabis’.

Também no concelho de Ponta Delgada, as autoridades policiais apreenderam 16 plantas de ‘cannabis’ que se encontravam num terreno baldio, não tendo ainda identificado os responsáveis pela plantação.

Na Ribeira Grande, ainda na ilha de S. Miguel, foram apreendidas outras 16 plantas de ‘cannabis’, com dimensões entre 20 e 150 centímetros, que se encontravam no interior da residência de um homem com 30 anos

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.