Crime

PSP apreende ouro furtado no interior de uma ourivesaria


 

Luís Pedro Silva   Regional   21 de Out de 2008, 11:30

A esquadra de Investigação Criminal da Polícia de Segurança Pública de Ponta Delgada realizou ontem  quatro buscas domiciliárias e uma busca a uma ourivesaria, na cidade de Ponta Delgada, onde apreendeu várias peças em ouro provenientes de furtos, uma arma de alarme, uma espada tipo sabre, duas máquinas fotográficas e dois computadores portáteis.
Na sequência das buscas efectuadas pela PSP, foram constituídos dois arguidos como suspeitos da prática do crime de receptação - pune as pessoas que têm como modo de vida a venda de material furtado -, com uma pena de prisão de 1 a 8 anos de prisão.
As buscas foram solicitadas na sequência de um processo que se encontra em fase de inquérito e conta com um arguido em prisão preventiva desde final do mês de Agosto.
As buscas foram realizadas de forma simultânea, tendo envolvido cerca de vinte elementos da esquadra de Investigação Criminal da PSP.
Durante operação nenhum dos visados ofereceu resistência à actuação da polícia.
O subcomissário Nuno Costa, comandante da esquadra de Investigação Criminal, afirmou que “aquela ourivesaria seria um local de receptação de artigos em ouro”.
Neste momento, “várias peças de ouro já foram identificadas e entregues aos seus proprietários”.
A polícia está a convocar diversas pessoas a quem tenham sido furtados objectos em ouro para identificarem algumas das peças apreendidas.
A PSP vai continuar a investigação deste processo, porque durante os últimos meses foram furtadas grandes quantidades de objectos em ouro, sendo necessário conhecer o destino que os ladrões remetem ao material retirado do interior das residências.
Rusga em Santo António
A brigada de Investigação Criminal da esquadra das Capelas, com apoio de alguns elementos da sua congénere de Ponta Delgada, realizou uma operação de prevenção e combate ao tráfico de estupefacientes na vila das Capelas e freguesia de Santo António, durante o passado fim-de-semana.
Durante a operação foi detido um homem de 20 anos, na posse de 53,77 gramas de liamba.
A detenção ocorreu perto do cemitério de Santo António, uma zona conotada com o tráfico e consumo de estupefacientes.
A operação da PSP realizou-se das 18h00 às 22h00, contando com a participação de 10 elementos.
A operação pretendia identificar eventuais traficantes e consumidores de estupefacientes numa das zonas de São Miguel onde estão a aumentar as preocupações da polícia na investigação ao tráfico de droga.
Durante a rusga foram identificadas vários consumidores, com pequenas quantidades de droga, que foram notificados para comparecer junto da Comissão para a Dissuasão da Toxicodependência. As operações de prevenção e combate ao tráfico de estupefacientes são efectuadas com regularidade pelos elementos afectos à esquadra de Investigação Criminal .

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.