PSD trava aumento de imposto sobre a gasolina nos Açores

PSD trava aumento de imposto sobre a gasolina nos Açores

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   28 de Nov de 2018, 10:37

Os deputados do PSD na Assembleia da República travaram o aumento da taxa máxima do imposto sobre a gasolina sem chumbo nos Açores, ao votarem, juntamente com outros partidos, contra a proposta de agravamento prevista no Orçamento do Estado para 2019.

Segundo explica comunicado do partido, no debate na especialidade do documento, que decorreu na Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa do parlamento nacional, os deputados social-democratas votaram contra a proposta de aumento, de 65 para 75 cêntimos por litro, da taxa máxima de imposto sobre a gasolina sem chumbo nos Açores, evitando assim o seu agravamento.

Ao lado do grupo parlamentar do PSD votaram o CDS-PP, BE e PCP, tendo o PS sido o único partido a defender o aumento da taxa máxima do imposto sobre gasolina sem chumbo nos Açores.

Já no caso da proposta de aumento das taxas máximas de imposto sobre a gasolina com chumbo e o fuelóleo – combustível usado nas indústrias conserveiras dos Açores –, o voto contra do PSD também foi essencial para evitar o agravamento das taxas, acrescenta a nota.

Para o presidente do PSD/Açores, Alexandre Gaudêncio, esta “foi uma vitória dos açorianos e uma derrota do governo regional e do Partido Socialista, que negociaram este aumento com a República nas costas dos açorianos”.

Recorde-se que o líder social-democrata açoriano tinha denunciado, na abertura das jornadas parlamentares do PSD/Açores, a intenção do governo da República de aumentar a taxa máxima de imposto sobre diversos combustíveis na Região.

Na altura, Alexandre Gaudêncio anunciou que alertou o líder nacional do partido para esta questão, tendo Rui Rio “acolhido imediatamente as preocupações do PSD/Açores”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.