Primeiro congresso do Serviço Nacional de Saúde começa hoje

Primeiro congresso do Serviço Nacional de Saúde começa hoje

 

Lusa/AO Online   Nacional   27 de Set de 2013, 07:25

O primeiro congresso do Serviço Nacional de Saúde começa esta sexta-feira, em Lisboa, com o objetivo de pensar e debater o SNS, transformando-o "numa referência europeia e global".

 

Em comunicado, a Fundação para a Saúde, entidade organizadora, defende que o SNS “tem sido um fator de proteção da saúde e de coesão social” no país ao longo de 33 anos.

“Contribuiu para que Portugal tenha, hoje, vários indicadores de saúde com valores ao nível dos melhores do Mundo. Por isso, merece o empenho de todos para o aperfeiçoar, reforçar e desenvolver”, diz a Fundação.

De acordo com a organização, a realização deste congresso, que começa hoje e termina sábado, tem vários objetivos, entre os quais a recolha e organização de contributos para pensar o SNS do futuro ou o desenvolvimento de um SNS para o século XXI, contribuindo assim para “um país empreendedor e próspero”.

Por outro lado, propõe-se trazer para o debate novos participantes, entre profissionais e sociedade civil, bem como identificar parcerias para as futuras iniciativas da Fundação.

A organização salienta que o congresso “não é um fim em si” e será seguido por uma série de iniciativas com o objetivo de aprofundar as reflexões e o debate que terão lugar durante o congresso.

Na sessão de abertura estarão António Arnaut, considerado o 'pai' do SNS e o secretário de Estado da Saúde, Manuel Ferreira Teixeira.

O congresso conta também com a intervenção do Director da Escola Nacional de Saúde Pública Constantino Sakellarides, do reitor António Sampaio da Nóvoa, da ex-ministra Maria de Belém Roseira e do bastonário da Ordem dos Médicos José Manuel Silva, entre outros.

Fundada por cerca de 70 personalidades, entre as quais o ex-Presidente da República Jorge Sampaio e ex-ministros da Saúde como Ana Jorge, Luís Filipe Pereira, Maria de Belém Roseira ou Paulo Mendo, a Fundação para a Saúde - Serviço Nacional de Saúde visa promover e apoiar a modernização e a inovação no SNS e ajudar a divulgá-lo no país.

 


   


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.