Preços vão subir em média 4,9% em 2009

 Preços vão subir em média 4,9% em 2009

 

Lusa/AO Online   Regional   15 de Dez de 2008, 17:09

As tarifas de electricidade vão subir em média 4,9 por cento no próximo ano, com os consumidores domésticos a ter um aumento médio de 4,3 por cento, de acordo com a proposta aprovada pelo Conselho Tarifário da ERSE.
 A generalidade dos consumidores domésticos vão ter um aumento de 4,3 por cento, ou seja, de 95 cêntimos na factura, as pequenas empresas de 4,8 por cento e os clientes industriais sofrerão no geral um aumento de 5,9 por cento.

    Na Região Autónoma dos Açores, o aumento médio das tarifas vai ser de 5,5 por cento, sofrendo os consumidores domésticos um aumento de 5,7 por cento e os industriais um aumento de 5,3 por cento.

    As pequenas empresas terão um aumento de 4,2 por cento.

    Na Região Autónoma da Madeira, o aumento médio vai ser de 4,4 por cento, com os domésticos a terem um aumento de 5,4 por cento, os industriais de 2,5 por cento e as pequenas empresas de 1,9 por cento.

    O Conselho Tarifário é o órgão consultivo específico para as funções da ERSE relativas a tarifas e preços, tendo como competências emitir parecer sobre a aprovação e revisão dos regulamentos tarifários, bem como sobre a fixação de tarifas e preços.

    Fazem parte do Conselho Tarifário da ERSE várias associações de consumidores, entre as quais a DECO e a FENACOOP (Federação Nacional das Cooperativas Consumidores), bem como a ANMP (Associação Nacional dos Municípios Portugueses), a EDP Distribuição e a REN (Rede Eléctrica Nacional).

   

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.