Açoriano Oriental
Preço da gasolina e do gasóleo baixa nos Açores a partir de 01 de novembro

O preço máximo da gasolina e do gasóleo vai descer nos Açores, a partir de 01 de novembro, enquanto o preço do fuelóleo industrial terá uma subida, anunciou o Governo Regional.

Preço da gasolina e do gasóleo baixa nos Açores a partir de 01 de novembro

Autor: Lusa/AO Online

“Registar-se-á uma descida de 0,4 cêntimos por litro no preço da gasolina 95, uma descida de dois cêntimos no preço máximo do gasóleo rodoviário, do gasóleo colorido e marcado consumido na agricultura e nas pescas, e uma subida de 0,3 cêntimos no preço máximo do fuelóleo industrial”, avançou o executivo açoriano, em nota de imprensa.

Segundo a nota, “os novos preços entram em vigor às 00h00 de domingo”.

O Governo Regional justifica esta atualização com o facto de no último mês se ter verificado “uma alteração dos preços dos combustíveis no mercado europeu que serve de referência para a definição dos preços nos Açores, correspondente à média dos preços de venda ao público de 14 países”.

“Esta variação de preços é exatamente igual à decorrente da variação dos preços na Europa no mês anterior e à variação do custo da matéria-prima”, acrescentou.

Desde modo, “o litro da gasolina passa a custar 1,313 euros, o do gasóleo rodoviário passa a custar 1,074 euros, enquanto o gasóleo colorido e marcado consumido na agricultura passa a custar 0,592 euros por litro e o gasóleo consumido na pesca passa a custar 0,402 euros por litro”.

Já “o fuelóleo industrial passa a custar 0,386 euros por quilo”.

O executivo açoriano realçou que “a incidência fiscal nos Açores é inferior à do continente português em 13% na gasolina 95 octanas, em 24% no gasóleo rodoviário, em 73% no gasóleo colorido e marcado consumido na agricultura e nas pescas, em 45% no gás butano e em 56% no fuelóleo industrial”.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.