Turismo

POTRAA suspenso para viabilizar novos investimentos

POTRAA suspenso para viabilizar novos investimentos

 

Lusa / AO online   Regional   11 de Mar de 2010, 15:02

O secretário regional da Economia dos Açores garantiu esta quinta-feira que a proposta de suspensão parcial do Plano de Ordenamento Turístico do arquipélago (POTRAA) "não coloca em causa a filosofia" do documento, mas viabiliza novos investimentos no sector.
As razões da iniciativa do executivo "prendem-se fundamentalmente com as ilhas de S. Miguel, Pico e S. Jorge, que, por vários motivos, estão a aproximar-se dos limites fixados no POTRAA do ponto de vista de cativação de camas", explicou Vasco Cordeiro, em declarações aos jornalistas.

O secretário regional foi esta quinta-feira ouvido, em Ponta Delgada, na Comissão Parlamentar de Economia sobre o projecto de Governo suspensão parcial do Plano de Ordenamento Turístico dos Açores.

Vasco Cordeiro sublinhou não estarem em causa "nem a filosofia, nem as opções estratégicas" que levaram à aprovação do Plano, mas uma solução que "resolve" a questão da capacidade de camas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.