Trabalho

Portugal oferece mais empregos a quem tem menos escolaridade

Portugal oferece mais empregos a quem tem menos escolaridade

 

Lusa/AO online   Economia   9 de Dez de 2010, 16:31

Portugal é o país europeu em que a percentagem de pessoas com baixa escolaridade que encontram trabalho é mais elevada, segundo o observatório europeu de vagas profissionais que divulgou hoje o seu primeiro boletim trimestral.
Em Portugal, 59 por cento das pessoas que arranjaram trabalho no segundo trimestre de 2010 eram pouco escolarizadas, seguindo-se Malta (52 por cento), Espanha (50 por cento), Itália (43 por cento) e Grécia (37 por cento).

O relatório da Comissão Europeia adianta que esta situação resulta provavelmente de uma conjugação entre a estrutura económica e o nível de escolaridade.

“A agricultura e o turismo, por exemplo, são sectores importantes nestes países e têm uma procura relativamente elevada de trabalhadores pouco qualificados”, acrescenta o documento.

No topo dos profissionais que encontraram trabalho, em Portugal, nos doze meses anteriores ao segundo trimestre de 2010, encontram-se mecânicos e técnicos de equipamentos eléctricos e electrónicos, técnicos de informática e motoristas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.