Açoriano Oriental
Portugal 2030 soma 115 avisos com destaque para programas Mar e Sustentável

O Portugal 2030 soma 115 avisos lançados, destacando-se, em número, os que foram abertos no âmbito dos programas Mar e Sustentável, segundo o último boletim divulgado.


Autor: Lusa


Até outubro (últimos dados disponíveis), contabilizavam-se 83 avisos abertos e 1.891 milhões de euros de fundo a concurso.

Por programa, o Mar 2030 e o Sustentável 2030 apresentam o maior número de avisos abertos, ambos com 14.

Seguem-se o Algarve 2030 e o Açores 2030 (com nove avisos abertos), o Centro 2030 (oito), Lisboa 2030 (seis), Compete 2030 (seis), Norte 2030 (cinco), Alentejo 2030 (cinco), PAT - Programa de Assistência Técnica 2030 (cinco) e o Madeira 2030 e o Pessoas 2030 (um).

No que se refere aos avisos fechados, o Pessoas 2030 apresenta oito.

Depois surgem o Mar 2030 (cinco), PAT 2030 (cinco), Algarve 2030 (quatro), Alentejo 2030 (dois), Centro 2030 (dois), Norte 2030 (dois), Madeira 2030 (um), Lisboa 2030 (um), Sustentável 2030 (um) e Compete 2030 (um).

O programa Açores 2030 não tem avisos fechados.

No que se refere ao fundo a concurso (aberto), destaca-se o sustentável 2030, com 507 milhões de euros.

Aparecem em seguida o Compete 2030 (284 milhões de euros), o Açores 2030 (214 milhões de euros), o Mar 2030 (129 milhões de euros), o Centro 2030 (120 milhões de euros), o Norte 2030 (79 milhões de euros), o Alentejo 2030 (28 milhões de euros), o Lisboa 2030 (18 milhões de euros), o Algarve 2030 (15 milhões de euros), o PAT 2030 (nove milhões de euros), o Pessoas 2030 (três milhões de euros) e o Madeira 2030 (um milhão de euros).

O Portugal 2030 prevê a aplicação de 23.000 milhões de euros dos fundos europeus, entre 2021 e 2027.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados