PJ detém mulher suspeita de fomentar prostituição de filha menor na Terceira

PJ detém mulher suspeita de fomentar prostituição de filha menor na Terceira

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   23 de Out de 2018, 14:51

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada, no âmbito de uma investigação titulada pelo Ministério Público da Praia da Vitória, identificou e deteve uma mulher de 35 anos de idade, por fortes indícios da presumível prática do crime de lenocínio de menores na sua forma agravada.



De acordo com comunicado, os factos criminosos, que ocorreram na ilha Terceira, tiveram o seu início em 2015, quando a vitima tinha então 14 anos de idade, e perduraram pelos dois anos seguintes.


A suspeita, a troco do recebimento de verbas em dinheiro, fomentava a prostituição da vítima, que é sua filha, levando-a a práticas regulares de natureza sexual com um homem de 58 anos, o qual foi também identificado, constituído e interrogado como arguido, por suspeitas da prática do crime de recurso à prostituição de menores.


A detida, foi presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação tidas por adequadas.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.