Açoriano Oriental
PJ detém mulher suspeita de fomentar prostituição de filha menor na Terceira

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada, no âmbito de uma investigação titulada pelo Ministério Público da Praia da Vitória, identificou e deteve uma mulher de 35 anos de idade, por fortes indícios da presumível prática do crime de lenocínio de menores na sua forma agravada.



article.title

Foto: Ricardo Graça/Global Imagens
Autor: Susete Rodrigues/AO Online

De acordo com comunicado, os factos criminosos, que ocorreram na ilha Terceira, tiveram o seu início em 2015, quando a vitima tinha então 14 anos de idade, e perduraram pelos dois anos seguintes.


A suspeita, a troco do recebimento de verbas em dinheiro, fomentava a prostituição da vítima, que é sua filha, levando-a a práticas regulares de natureza sexual com um homem de 58 anos, o qual foi também identificado, constituído e interrogado como arguido, por suspeitas da prática do crime de recurso à prostituição de menores.


A detida, foi presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação tidas por adequadas.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.