Combate à criminalidade

PGR cria unidades especiais de combate ao crime

PGR cria unidades especiais de combate ao crime

 

Lusa/AO online   Nacional   28 de Ago de 2008, 15:55

O Procurador-Geral da República, Pinto Monteiro, disse que aguarda que o legislador faça os ajustamentos legais necessários para combater a criminalidade violenta.
Numa nota, a Procuradoria-Geral da República justifica esta posição tendo em consideração que "o hiper garantismo concedido aos arguidos colide com o direito das vítimas, com o prestígio das instituições e dificulta e impede muitas vezes o combate eficaz à criminalidade complexa".

    Segundo Pinto Monteiro, o combate à criminalidade violenta justifica a criação de "unidades especiais" que funcionarão nos Departamentos de Investigação e Acção Penal (Lisboa, Porto, Coimbra e Évora).

    "A cooperação, a partilha de informação em tempo útil, a especialização e a articulação de esforços são essenciais para a obtenção de resultados contra uma criminalidade cada vez mais organizada e global", sublinha.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.