Peterhansel vence especial e pressiona líder Sainz

Peterhansel vence especial e pressiona líder Sainz

 

LUSA/AO   Motores   13 de Set de 2008, 15:08

O francês Stéphane Peterhansel venceu a especial da quarta e penúltima etapa do Pax Rali em todo-o-terreno, pressionando o espanhol Carlos Sainz, enquanto Ruben Faria triunfou novamente nas motos
 O francês Stéphane Peterhansel (Mitsubishi) venceu a especial da quarta e penúltima etapa do Pax Rali em todo-o-terreno, pressionando o espanhol Carlos Sainz (Volkswagen), enquanto Ruben Faria (Honda) triunfou novamente nas motos.
Na tirada mais longa da prova (468 quilómetros, 159 dos quais cronometrados), entre Alcochete e Portimão, o gaulês foi o mais rápido, registando o tempo de 1:56.28 horas, deixando o segundo classificado, seu companheiro e compatriota Luc Alphand, a 1.04 minutos, o terceiro, o qatariano Nasser Al-Attiyah (BMW), a 1.49, e o líder da prova, Sainz, em quarto, a 1.50.
Desde o início do sector selectivo que Peterhansel dominou, tendo passado com o melhor tempo nos dois controlos de passagem, aos 54,73 e 92,83, numa etapa dominada pelos Mitsubishi, que só não foi mais notório no final porque o espanhol Joan Roma, terceiro na primeira fase da “especial”, capotou, fez a segunda parte da etapa sem pára-brisas e perdeu mais de 10 minutos.
Na classificação geral, antes dos últimos 68 quilómetros cronometrados da prova, o antigo campeão do Mundo de ralis, com o tempo de 10:19.59 horas, dispõe agora de apenas 31 segundos de vantagem sobre Peterhansel, segundo classificado, e 2.33 minutos para o terceiro, Alphand, que hoje se destacou do sul-africano Giniel de Villiers (Volkswagen).
O melhor português nas quatro rodas continua a ser Filipe Campos (BMW), líder do Nacional de todo-o-terreno, no sétimo posto, a 19.22 minutos de Sainz.
Nas motos, o português Ruben Faria voltou a dominar o sector selectivo da etapa, consolidando ainda mais a liderança da prova.
Faria, com o tempo de 2:13.10 horas, ganhou 45 segundos ao francês Cyril Despres (KTM), segundo classificado na “especial”, e 1.42 minutos ao espanhol Marc Coma (KTM), enquanto os portugueses Paulo Gonçalves (Honda) e Hélder Rodrigues terminaram a etapa nas quarta e quinta posições, a 2.36 e 3.20 minutos do primeiro, respectivamente.
Agora, o motard português dispõe de 3.28 minutos de vantagem na classificação geral sobre Despres, que ocupa a segunda posição.
Na terceira posição, agora a 5.47 minutos, está Coma, enquanto o colega de equipa do Lagos Team, Hélder Rodrigues, mantém o quarto da geral, a 9.36 minutos de distância.
Nos quads, o português Luís Engeitado (Suzuki) venceu a especial, em 2:25.25 horas, conquistando mais 2.56 minutos sobre o francês Hubert Deltrieu (Polaris), segundo na etapa e na geral, agora a 5.17 do líder.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.