México

Pelo menos oito mortos por assassinos contratados durante serviço religioso


 

Lusa/AO online   Internacional   14 de Ago de 2008, 11:16

Pelo menos oito pessoas foram mortas a tiro por assassinos contratados durante um serviço religioso, no centro de reabilitação para toxicodependentes em Ciudad Juarez, cidade mexicana com elevado índice de criminalidade, afirmou hoje a polícia local.
Um grupo armado "entrou esta noite no centro de reabilitação disparando contra as pessoas que assistiam às orações dirigidas pelo pastor Joel, ferindo ou matando boa parte dos fieis que não tiveram tempo de se esconder", segundo o gabinete da segurança pública municipal, que cita testemunhas.

    Depois do tiroteio, os assassinos contratados "fugiram, sem pressa, passando pela avenida Barranco Azul, onde, segundo testemunhas, se encontravam soldados e polícias que não os detiveram", de acordo com o organismo.

    O balanço inicial dá conta de oito mortos mas a polícia teme que venha a aumentar.

    Durante o fim-de-semana, duas pessoas foram assassinadas num outro centro de reabilitação.

    Em Ciudad Juarez, cidade com faz fronteira com os Estados Unidos, pelo menos 780 assassínios foram registados desde o início do ano, devido a uma guerra entre clãs das máfias locais que disputam o controlo dessa zona.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.