Pelo menos 20 rebeldes mortos no sul do Afeganistão


 

Lusa / AO online   Internacional   1 de Out de 2007, 12:29

Pelo menos 20 alegados rebeldes foram mortos segunda-feira numa operação das forças afegãs e da coligação internacional no sul do Afeganistão, anunciou a coligação dirigida pelos Estados Unidos.

A operação foi desencadeada para impedir “actividades hostis” de forças “extremistas que se escondem” em edifícios localizados no distrito de Reeg, na muito instável província de Helmand, refere o comunicado.

A província de Helmand é uma das regiões do país, onde os talibãs são muito activos e é plantado e produzido o essencial do ópio para fabricar heroína que financia as actividades dos islamitas.

Outros dois talibãs foram mortos e sete, incluindo um ferido, foram capturados na província vizinha de Zabul, referiu em comunicado a coligação.

Os incidentes ocorrem um dia depois dos talibãs terem rejeitado, de novo, uma proposta de negociação do Presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, para pôr termo à espiral de violência no país, por manterem a exigência da saída dos 50.000 soldados estrangeiros do país.

Sábado, o chefe de Estado afegão propôs de novo negociações aos talibãs, tendo indo bem mais longe que anteriormente, ao oferecer a possibilidade de cargos governamentais.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.