Índia

Pelo menos 12 pessoas morreram e sete ficaram feridas após terem sido espezinhadas durante festival religioso


 

Lusa / Ao online   Internacional   14 de Out de 2007, 11:50

Pelo menos 12 pessoas morreram e sete ficaram feridas após terem sido espezinhadas durante um festival religioso num templo hindu na região de Gujarat, oeste da Índia, noticiou hoje a cadeia de televisão indiana NDTV.
    O incidente ocorreu no templo de Mahakali, no distrito de Panchmachal, onde cerca de 100.000 peregrinos comemoravam o festival hindu de Navratri, segundo a televisão NDTV, citada pela agência de notícias EFE.

    O atropelo aconteceu quando uma multidão, que saía do templo, tentou passar entre os milhares de pessoas que tentavam entrar no local, causando o caos entre os peregrinos.

    De acordo com as autoridades indianas, os feridos foram transportados para um hospital nas proximidades do templo e a polícia deslocou-se ao local para investigar o incidente.

    O governo regional de Gujarat anunciou, entretanto, que iria conceder uma indemnização de 100.000 rupias (cerca de 1.800 euros) aos familiares das vítimas.

    Há um mês, outras cinco pessoas, todas mulheres, perderam a vida quando foram espezinhadas durante uma grande concentração de peregrinos no templo de Baidhnath Dham, na região de Jharkhand, no centro da Índia.

    O festival de Navrati, muito popular em toda a Índia, celebra-se entre 12 e 20 deste mês, dias em que numerosos devotos hindus se deslocam aos templos para prestar homenagem às deusas femininas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.