Pedro Pauleta embaixador do Paris Saint Germain

Pedro Pauleta embaixador do Paris Saint Germain

 

Lusa/AO online   Futebol   2 de Set de 2008, 11:26

Pedro Pauleta colocou um ponto final na sua carreira como jogador de futebol.
O ex-internacional português é, a partir desta temporada, o embaixador do Paris Saint Germain, clube francês ao qual esteve a militar nas últimas cinco épocas.
 Já eram conhecidas as suas intenções de abandonar a carreira de jogador, no entanto Pauleta ainda hesitava em terminá-la, anunciando que tomaria uma decisão até ao final do mês de Agosto, e assim o fez.
De acordo com o Jornal A Bola, Pedro Pauleta vai assumir outras funções no clube francês, tendo a confirmação vindo do presidente do Paris Saint Germain, Charles Villeneuve.
“Pauleta tem um contrato como embaixador e tem uma série de missões atribuídas. A primeira será observar o campeonato português, onde estão excelentes jogadores, identificá-los e reportar ao departamento de contratações; apresentar relatórios ao treinador Paul Le Guen e comunicar à minha pessoa para vermos se podemos avançar. Irá também representar o clube em jogos internacionais na península Ibérica”, disse o presidente em declarações à imprensa francesa.
Pauleta ainda teve algumas propostas para continuar nos relvados, tendo vindo a última do Mónaco.
O açoriano Pedro Pauleta ficará para sempre na história do futebol português como o melhor marcador com a camisola da selecção nacional, com 47 golos.  Pauleta cumpri 88 internacionalizações pela selecção nacional e anunciou o seu abandono no último jogo que Portugal realizou no Mundial de Futebol da Alemanha, em 2006.
Pedro Pauleta nunca jogou na primeira divisão portuguesa, rumando directamente do Estoril, então na 2ª Divisão de Honra, para o Salamanca, com o qual subiu do segundo ao primeiro escalão espanhol. Em 1998/99 ingressou no Deportivo de Coruña, sagrando-se campeão de Espanha em 1999/2000, antes de se mudar para França.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.