Legislativas regionais

PDA concorre às eleições regionais em Outubro para eleger uma "voz genuína"


 

Lusa/AO online   Regional   18 de Ago de 2008, 11:16

O Partido Democrático do Atlântico (PDA), que apresenta no início de Setembro a sua lista de candidatos a deputados, concorre às eleições regionais de 19 de Outubro com o objectivo de eleger "uma voz genuína".
    "O PDA é um partido que fala açoriano e que não está vinculado ao exterior, já que a sua sede nacional localiza-se nos Açores", afirmou à agência Lusa o líder do PDA, José Ventura, confiante que os eleitores "já perceberam que é importante eleger uma voz genuína para o parlamento regional".

    José Ventura, que será cabeça de lista por São Miguel, adiantou que a lista do partido está a ser ultimada pela Comissão Política e deverá ser tornada pública na primeira semana de Setembro.

    "Teremos caras novas e outras que estavam afastadas da política há algum tempo", assegurou o líder partidário, acrescentando que "apesar das pessoas reconhecerem que as coisas estão mal na sua ilha ainda têm medo em assumir-se como nossos candidatos".

    Frisando que um deputado do PDA conferiria equilíbrio ao parlamento regional, José Ventura revelou que o programa eleitoral do partido assenta na defesa da pessoa, sobretudo das crianças e idosos, na segurança, saúde, justiça, educação e trabalho.

    Embora os resultados eleitorais obtidos até agora pelo partido, com cerca de 500 militantes, tenham sido sempre residuais, José Ventura disse sentir "cada vez mais" o apoio dos açorianos para "não baixar os braços".

    No entanto, a falta de dirigentes políticos a tempo inteiro e o orçamento limitado entravam, segundo José Ventura, a vontade do partido em levar mais longe "uma mensagem que é honesta e segura".

    "Estas dificuldades inerentes a um pequeno partido obriga-nos, por isso, a fazer uma campanha eleitoral mais criativa", afirmou o líder do PDA, reconhecendo que se o partido tivesse um estrutura profissional e uma equipa de markting político ao lado os resultados eleitorais seriam outros.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.