De regresso ao BCP

Paulo Macedo dedica-se em exclusivo ao Programa Millennium 2010


 

Lusa / AO online   Economia   31 de Out de 2007, 16:08

Paulo Macedo, que regressou ao BCP após estar três anos à frente da Direcção-Geral de Impostos, vai estar dedicado a tempo inteiro ao Programa Millennium 2010, que visa, entre outros, intensificar o crescimento da actividade comercial do banco.
"Queremos fortalecer o programa Millennium 2010, através de iniciativas já em curso e de novos programas", contando para tal com a "dedicação a tempo inteiro de Paulo Macedo", afirmou o responsável pelas relações com os investidores do BCP, Pedro Alexandre Martins, durante a 'conference call' realizada hoje.

O presidente executivo do maior banco privado português, Filipe Pinhal, reforçou o "compromisso em atingir as metas" definidas no âmbito do referido programa - que foi apresentado em Junho deste ano, no Dia do Investidor do BCP - nomeadamente ao nível do crescimento orgânico e da melhoria dos proveitos.

Entre as metas do programa está a abertura de 700 novas sucursais em Portugal e no estrangeiro até 2010, e conseguir uma rendibilidade média anual dos capitais próprios (ROE), em base consolidada, de 22 por cento.

A duplicação de resultados líquidos das operações na Polónia e Grécia entre 2006 e 2010, um crescimento dos resultados por acção (EPS) superior a 70 por cento no mesmo período e um rácio de eficiência (cost-to-income) em Portugal inferior a 45 por cento são outras metas do banco.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.