Paris Saint-Germain quer ser assistente no inquérito do jogo com Estrela Vermelha


 

Lusa/Ao online   Futebol   20 de Out de 2018, 07:24

O Paris Saint-Germain pediu para ser constituído como assistente na investigação a uma alegada viciação do resultado da partida da Liga dos Campeões de futebol com os sérvios do Estrela Vermelha, afirmou esta sexta feira o advogado dos parisienses.

O clube francês informou na quinta-feira o ministério público o seu desejo de estar associado ao processo e de ser "reconhecido como vítima", disse Francis Szpiner, que acrescentou que o presidente do clube Nasser Al-Khelaifi "quer ser ouvido".

Na quinta-feira, os advogados do Estrela Vermelha informaram que vão apresentar "uma queixa por denúncia caluniosa".

Em 03 de outubro, o Paris Saint-Germain venceu o Estrela Vermelha por 6-1, no encontro da segunda jornada do Grupo C da ‘Champions'.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.