Oposição vence eleições europeias na Roménia


 

Lusa / AO online   Internacional   26 de Nov de 2007, 13:01

O Partido Democrata (PD, oposição) venceu as primeiras eleições europeias na Roménia, realizadas domingo, de acordo com os resultados preliminares.
A taxa de participação foi de 28,38 por cento, que está na média dos resultados registados nos países pós-comunistas da União Europeia, como foi o caso da Bulgária no passado mês de Maio (28,6 por cento).

O PD, próximo do Presidente da Roménia, Traian Basescu, obteve 29,23 por cento de votos, ultrapassando os social-democratas (PSD, oposição) que totalizaram 21,65 por cento e o Partido Nacional Liberal (PNL, no poder) do primeiro-ministro Calin Tariceanu, com 13,15 por cento.

Dois outros partidos terão eleito deputados para o Parlamento Europeu: o Partido Liberal Democrata (PLD) com 8,30 por cento e a União Democrática dos Magiares (UDMR) com 5,84 por cento.

O bispo reformado Laszlo Tokes, único candidato independente, obteve 3,76 por cento.

No total, a Roménia terá 35 eurodeputados para substituir os que aí se encontram desde Setembro de 2005 como observadores, antes de serem membros de pleno direito, com a entrada do país para a UE, a 01 de Janeiro de 2007.

Mais de 18 milhões de romenos foram chamados às urnas, numas eleições disputadas por 13 partidos e um independente que aspiravam a obter mandatos no Parlamento Europeu.

Ao mesmo tempo, a população, foi consultada sobre a reforma eleitoral do país, num referendo convocado pelo Presidente Basescu, que propôs o voto uninominal em vez da actual votação baseada em listas partidárias.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.