Açoriano Oriental
Covid-19
ONU reúne uma centena de líderes para discutir resposta à pandemia

Mais de 50 chefes de Estado e 39 chefes de governo deverão participar numa sessão extraordinária da Assembleia-Geral das Nações Unidas, que decorre hoje e sexta-feira, para discutir a resposta à pandemia do novo coronavírus.

ONU reúne uma centena de líderes para discutir resposta à pandemia

Autor: Lusa/AO Online

O presidente francês, Emmanuel Macron, a chanceler alemã, Angela Merkel, assim como os primeiros-ministros do Japão, Yoshihide Suga, e da Índia, Narendra Modi, entre outros, são esperados na reunião, onde muitos dos participantes intervirão através de mensagens vídeo.

A União Europeia, representada pelo presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, deverá insistir no seu apoio a uma resposta multilateral com a ONU no centro, em que as futuras vacinas sejam consideradas bens públicos e na promoção de um maior papel da Organização Mundial da Saúde (OMS) nas crises sanitárias.

Do continente americano, muito atingido pela pandemia, esperam-se os presidentes da Costa Rica, Honduras, Cuba, Peru, Chile, Bolívia, Equador, República Dominicana, Colômbia e Uruguai.

A reunião visa, segundo a ONU, unificar a resposta à pandemia, melhorando a cooperação entre todos os envolvidos, incluindo os países, organizações e também as farmacêuticas.

“A sessão extraordinária oferece um momento histórico para nos unirmos para derrotar a covid-19”, defendeu num comunicado o presidente da Assembleia-Geral, Volkan Bozkir.


PUB
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.