EUA

Obama reuniu-se com Hillary Clinton quinta-feira em Chicago


 

Lusa/AOonline   Internacional   14 de Nov de 2008, 16:26

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, reuniu-se quinta-feira à tarde em Chicago com a senadora Hillary Clinton, que segundo fontes democratas pode vir a ser escolhida para secretária de Estado da nova administração.
O gabinete de Obama informou entretanto que o presidente eleito se vai encontrar hoje, também em Chicago, com o candidato presidencial republicano derrotado, John McCain.

    O nome de Hillary Clinton, que perdeu para Barack Obama a nomeação pelo Partido Democrata, tem sido referido por fontes democratas como estando a ser avaliado pelo presidente eleito para chefiar a diplomacia norte-americana.

    Segundo um responsável democrata, citado hoje pela Associated Press sob condição de anonimato, Clinton e Obama reuniram-se quinta-feira à tarde no escritório que o presidente eleito tem na baixa de Chicago.

    A agência noticia também que a coluna automóvel de Hillary Clinton, que goza da protecção dos serviços secretos na qualidade de antiga primeira-dama, foi vista a sair do edifício de escritórios ao fim da tarde, pouco tempo antes de Obama sair.

    Barack Obama, que está a formar a sua equipa para governar o país a partir de 20 de Janeiro, tem escolhido vários antigos funcionários da administração dirigida por Bill Clinton que, segundo as fontes democratas citadas, têm defendido o nome de Hillary Clinton para o cargo de secretária de Estado.

    Segundo as mesmas fontes, Barack Obama está também a considerar outros nomes para o cargo, designadamente os do senador democrata John Kerry e do senador republicano Chuck Hagel.

    Sobre o encontro com John McCain, a porta-voz do presidente eleito, Stephanie Cutter, informou que Barack Obama quer "discutir formas de trabalharem juntos" para melhorar a qualidade da governação.

    A porta-voz disse também que vão participar neste encontro o senador Lindsey Graham, conselheiro de John McCain, e o representante Rahm Emanuel, escolhido por Barack Obama para seu chefe de gabinete.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.