Jorge Gamboa

"O Santa Clara está confiante e tem condições para ganhar ao Sporting"

"O Santa Clara está confiante e tem condições para ganhar ao Sporting"

 

Nuno Martins Neves   Futebol   4 de Nov de 2018, 12:00

Jorge Gamboa, o antigo avançado do Santa Clara puxou a memória atrás e recordou os dois golos que marcou ao Sporting, na primeira jornada da época 1999/2000. Leia a entrevista na íntegra na edição de domingo, dia 4 de novembro, do Açoriano Oriental

Recorda-se dos golos que marcou? Ainda por cima, frente a um ‘monstro’ do futebol internacional, o dinamarquês Peter Schemeichel?
Exatamente... Até foi engraçado, porque ele numa entrevista disse “Gamboa? Não conheço. Agora fiquei a conhecer” (risos). Lembro-me muito bem desses golos, mentiria se não dissesse que foi um dos pontos mais altos da minha carreira: marcar dois golos ao Sporting, ainda por cima a um monstro que tinha sido considerado o melhor guarda-redes do mundo em anos anteriores, faz parte das histórias que conto aos meus filhos.

Passados 15 anos da última presença na I Liga, 18 desde que cá jogou, o Santa Clara está de volta. Tem acompanhado o trajeto da equipa?
Tenho e para mim, neste momento que ainda vamos no início do campeonato, incluindo os três grandes, é a segunda melhor equipa a praticar futebol. A primeira é o Sporting de Braga, equipa que tem mais consistência e com identidade solidificada; e, sem dúvida, o Santa Clara é a segunda melhor equipa a jogar em Portugal. Futebol positivo, ideias claras de jogo. Gosto muito! Não estou a puxar o saco, que o mister também não me vai meter a jogar (risos) mas tenho acompanhado o trabalho do João Henriques e penso que é competentíssimo. Já o conheço desde o Leixões e, mesmo no Paços de Ferreira, apesar de não ter evitado a descida, foi uma equipa de futebol positivo. Adoro e gosto de ver quem privilegia o espetáculo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.