Sociedade

Número de idosos em situação de risco é preocupante

Número de idosos em situação de risco é preocupante

 

Lusa/AO online   Regional   12 de Dez de 2011, 13:38

O ministro da Solidariedade e Segurança Social considerou hoje “preocupante” o número de idosos em situação de risco, afirmando que é necessário agir de forma "muito determinada” para sinalizar estes casos e garantir a protecção destas pessoas.
A Segurança Social estima que sejam já 25 mil os idosos em risco e sem apoio, num universo de quase 400 mil pessoas com mais de 65 anos que vivem sozinhas em Portugal, refere o Diário de Notícias na edição de hoje.

“São números preocupantes”, disse à agência Lusa Pedro Mota Soares, à margem do seminário "Sociedade Civil e Envelhecimento - Desafios do Envelhecimento Activo e da Solidariedade entre Gerações”, que decorre em Lisboa.

O ministro adiantou que, com o Censos 2011, já se conhece a dimensão do envelhecimento: “Cerca de 20 por cento da sociedade portuguesa tem 65 anos ou mais”.

“Sabemos das situações de risco e, por isso mesmo, queremos agir de uma forma muito determinada e este Ano Europeu do Envelhecimento Activo também terá de acautelar todo o fenómeno que hoje existe dos idosos que estão colocados em situações de risco”, afirmou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.