Nova pista com capacidade para voos mais altos

Nova pista com capacidade para voos mais altos

 

Susete Rodrigues   Motores   28 de Out de 2008, 10:27

A pista Soluções M de Motocross em São Miguel tem capacidade para acolher provas do Nacional de Elite
A nova pista de Motocross da ilha de São Miguel, Soluções M, é um sonho tornado realidade por parte do Rosinhas V. Clube.
Principalmente na última temporada, o clube andava quase sempre “com a casa às costas”, já que a pista do Pico da Cova deixou de existir.
Entretanto vieram algumas promessas, mas nada que se concretizasse, e então as provas lá foram sendo realizadas na pista de Santana e no campo de Futebol das Capelas.
Agora, melhor não podia ser. Instalada nos terrenos do Grupo Marques, organização empresarial que desde 1990 apoia o motocross regional, a pista conta com 17000 metros, com oito a dez metros de largura, dotada de vários obstáculos de subidas e descidas, o que se traduz em excelentes saltos, proporcionando um grande espectáculo para pilotos e amantes da modalidade.
A zona de partida tem cerca de 45 metros de largura com uma recta de 80 metros que afunila para a primeira curva em 15 metros.
Satisfeito com esta nova pista, José Leonardo, do Rosinhas V. Clube, diz que a ilha tem já “um palco digno para recebermos grandes eventos, quer de âmbito regional quer nacional, como foi o caso de domingo, na prova do Nacional do Iniciados”.
“Segundo as reacções de quem nos visitou, não só de pilotos como também de dirigentes federativos, estes deram-nos os maiores elogios e isto é que nos motiva e nos dá força para continuarmos a desenvolver esta espectacular modalidade”, frisou José Leonardo.
De há um tempo a esta parte que o Rosinhas V. Clube tem acolhido a última prova do Nacional de Iniciados.
Com esta nova pista pode-se esperar por uma prova nos escalões superiores, como confirma José Leonardo: “Posso confirmar que isso já foi ventilado”, explicando que “condições organizavas temos, pista para esta finalidade também, agora o problema - que é comum a qualquer modalidade - é o aspecto financeiro, que é isso que temos que trabalhar para podermos conseguir trazer uma prova de escalão superior à ilha”.
Em jeito de balanço da prova do domingo, que marcou a inauguração da pista de motocross Soluções M, José Leonardo refere que a mesma foi muito renhida.
“Penso que a competitividade foi uma constante ao longo de todas as corridas. Da nossa parte só temos que reconhecer uma única falha, que foi o mecanismo da grelho de partida, na última corrida da tarde, que foi solucionado”, finalizou.
Quem também ficou agradado com a nova pista de motocross foi Alfredo Castro, da Federação Nacional de Motociclismo.
O mesmo é de opinião que a pista é “espectacular e em termos de traçado não fica nada aquém das do continente. Por isso só tenho que dar os parabéns à organização e a quem a fez”, acrescentando que “talvez precisa apenas de alguns retoques de pormenor. Faltarão talvez algumas infra-estruturas”.
De acordo com Alfredo Castro, a pista tem capacidade para receber um prova do Nacional de Motocross que não só a nível de Iniciados.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.