Ciência

Navio de investigação Noruega 'pesca' organismos do Condor

Navio de investigação Noruega 'pesca' organismos do Condor

 

Isidro Fagundes / A União   Regional   5 de Ago de 2010, 11:10

Está a decorrer uma missão científica com o navio de investigação Noruega, pertencente ao INRB (Instituto Nacional de Recursos Biológicos) no âmbito do projecto CONDOR, banco localizado a sudeste da ilha do Faial.
Encontram-se a bordo do navio cientistas e jovens investigadores do Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores (DOP), do INRB e do National Research Council, de Itália.

O navio de Investigação Noruega já não se deslocava aos Açores desde a década de oitenta, altura em que terminou uma série de campanhas de prospecção dos recursos pesqueiros e de oceanografia na Região.

Neste momento, “o N/I Noruega é o único navio português capaz de realizar missões que envolvam arrastos de coluna de água de trabalhos em profundidade”, refere nota informativa do DOP. Nesta missão estão a ser desenvolvidos vários tipos de trabalhos de amostragem de organismos que vivem no banco Condor.

A recolha de organismos na coluna de água está ser realizada com um rede Isaac-Kid (IKMT) que captura pequenos crustáceos, peixes, e outros organismos que formam camadas visíveis nas sondas acústicas.

Por isso, em simultâneo ao trabalho da rede, as camadas visíveis de organismos são monitorizadas através das imagens da sonda acústica do navio e comparadas com as capturas da rede.

Nos próximos dias está prevista a recolha de sedimentos que “permitirão estudar a fauna que vive no fundo, incluindo microrganismos, e analisar a composição química do sedimento, e também perceber melhor o funcionamento da cadeia trófica neste ecossistema.

A missão decorre no âmbito do projecto CONDOR, co-financiado pelo programa EEA Grants Financial Mechanism.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.