Afeganistão

NATO acusou talibãs de terem morto 100 civis em Outubro

NATO acusou talibãs de terem morto 100 civis em Outubro

 

Lusa/AO online   Internacional   10 de Nov de 2010, 15:09

A força da NATO no Afeganistão (Isaf) acusou esta quarta-feira os rebeldes talibãs de terem morto mais de 100 civis afegãos e de terem ferido mais de 200 outros em Outubro, considerando um logro a vontade dos rebeldes de proteger civis.
"A rebelião continua a manifestar uma bela hipocrisia quando se comparam os seus discursos sobre a protecção dos civis e os seus actos no Afeganistão”, declarou um porta-voz da força internacional, o vice-almirante Vic Beck, em comunicado.

“A sua mensagem não é conforme à realidade, que todos os dias os vê matar, ferir e intimidar deliberadamente civis”, acrescentou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.