Açoriano Oriental
Músico, compositor e cineasta americano Elliot Sheedy convida Luis Senra e FLiP para concerto em São Miguel

Cowboy Microwave Music é o novo álbum de Elliot Sheedy – o Crooner Fora-da-lei dos Subúrbios (EUA) e oferece repertório ao encontro a 28 de dezembro, no BlackBox do Arquipélago - Centro de Artes Contemporâneas.

article.title

Foto: ACAC
Autor: AO Online

O músico e cineasta convida os açorianos Luís Senra (que estará no saxofone) e FLiP na Drums Machine.

Elliot Sheedy é produtor de música e realizador de cinema. O seu trabalho apresenta mise-en-scènes imersivas, de carácter musical e visual. Elliot encarna frequentemente o papel de protagonista dentro da construção formalista do mundo da narrativa – os géneros são crooner, pop-star minimalista, art-house e ópera.

O seu filme Crown of Gamma (2015) propõe reincarnação através de uma cassete VHS a partir de um cenário mitológico de culto. Sheedy escreveu e produziu um EP intitulado Dust Creepsem 2015, e os LPs The Mouth of Edenem 2016 e Era of Heat em 2017. Elliot compôs música original para cinema, e para arte e instalação, com apresentações nacionais (E.U.A.) e internacionais. Elliot é co-proprietário da produtora The Spectacular House.

Luís Senra é um saxofonista e free improviser micaelense, natural de Rabo de Peixe, que tem como foco explorar e desenvolver performances, a solo ou em parcerias, onde o foco principal é a liberdade criativa, como meio de exploração musical e de conexão direta com o público.

No seu percurso com músico destacam-se projetos como “Entre Grutas e Algares”, performance de improvisação livre a solo que levou a arte da improvisação às cavidades lávicas visitáveis dos Açores, ou a subida ao ponto mais alto de Portugal para uma improvisação a solo, com o nome de “O Silêncio da Montanha”, integrando o cartaz do Montanha Pico Festival 2017. Destacam- se também as presenças na programação de festivais como o MIA – Encontro de Música Improvisada de Atouguia da Baleia, o Serralves em Festa, maior evento da cultura contemporânea em Portugal e um dos maiores da Europa, ou o Improv Acción, micro festival de improvisação livre na cidade de Llíria, em Espanha.

Recentemente, integrou BRUMA Project, um projeto de confluência atlântica que une a música às sonoridades jazzísticas, à novidade da experimentação e ao fluir criativo da improvisação, para a tour de lançamento do seu álbum de estreia.

Filipe Mont’Alverne Mendes Caetano nasceu em 1980, em Ponta Delgada, São Miguel, Açores. É licenciado em Informática de Gestão pela Escola Superior de Gestão de Santarém. O contato com a música inicia-se em 2000, bem como a produção de eventos que decorreu de forma profissionalizada até 2011. Trabalhou como Dj, músico, agente e produtor, na grande maioria dos estabelecimentos e festivais de referência em Portugal. Presentemente, a residir na ilha de São Miguel, para além do cargo de gestor, mantém participação regular em eventos culturais ligados diretamente à música, com os projetos ativos de PMDS, VOYAGERS e FLiP.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.