Jornal de campanha

MPT insiste na defesa do voto dos invisuais


 

Lusa/AO   Regional   17 de Out de 2008, 11:41

O Movimento Partido da Terra (MPT) vai apresentar na Assembleia da República uma projecto de resolução para que nos actos eleitorais agendados para 2009 os cegos possam votar utilizando boletins em braille.
Apesar de reconhecer que seria uma forma mais digna dos invisuais votarem, a direcção regional de Organização e Administração Pública, com competências para organizar as regionais, já afastou essa possibilidade, alegando que o voto em braille não se encontra devidamente enquadrado na lei regulamentadora das eleições.
Para Manuel Moniz a resposta das entidades responsáveis demonstra que “os cegos estão claramente abandonados”, acrescentando que de forma simbólica haverá um cego a utilizar um boletim braille, no domingo, na Freguesia de Santa Clara, em São Miguel.
O voto em braille já tinha merecido discussão em 2004 por iniciativa do MPT.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.