Açoriano Oriental
Mostra de videoarte Fuso Insular regressa a São Miguel

A mostra de videoarte dos Açores Fuso Insular regressa a São Miguel, de quinta-feira a sábado, para uma edição que conta com a estreia mundial do novo filme de Daniel Blaufuks.

Mostra de videoarte Fuso Insular regressa a São Miguel

Autor: Lusa/AO Online

Ao longo de três dias, a segunda edição de Fuso Insular traz a São Miguel uma programação que inclui a apresentação de seis filmes realizados por artistas açorianos no âmbito de um laboratório, “obras de artistas brasileiros históricos e contemporâneos, que contam um pouco da história da videoarte no Brasil desde os anos 1970 até aos dias de hoje, e a apresentação dos vídeos selecionados e premiados no festival FUSO de Lisboa em 2020, destacando trabalhos recentes desenvolvidos em Portugal”, explica a organização, em comunicado.

O festival arranca na quinta-feira, com o ciclo de videoarte brasileira “Bandeira Branca Enfiada em Pau Forte”, curado por Cristiana Tejo, a acontecer na Igreja do Colégio, em Ponta Delgada.

No dia seguinte, exibe-se a mostra de vídeos portugueses ou realizados em Portugal que foram premiados no ‘open call’ do Fuso Lisboa, “Estruturar o Tempo”, com curadoria de Jean-François Chougnet.

A mostra termina no sábado, na Black Box do Centro de Artes Arquipélago, na Ribeira Grande, com a apresentação das obras criadas por artistas açorianos durante o Laboratório Imagem em Movimento, que decorreu sob orientação teórica de Daniel Blaufuks e prática de André Laranjinha. Em exibição estarão os filmes de Gregory Le Lay, Pedro Páscoa, David Meireles, Sara Leal, Mário Roberto e Sara Massa.

Segue-se a estreia de “And All Will Be Repeated”, de Daniel Blaufuks. Filmado no parque do hotel Terra Nostra, em São Miguel, este trabalho em vídeo e fotografia homenageia o filme “Nostalgia”, do realizador russo Andrej Tarkovsky.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.