Moscovo propõe acordo de pré-alerta à UE


 

Lusa / AO online   Economia   9 de Nov de 2009, 10:31

O Ministério da Energia russo apresentou à Comissão Europeia um memorando sobre o mecanismo de pré-alerta em matéria de energia no quadro do diálogo energético Rússia-União Europeia, escreve o diário Kommersant.
O documento contém os passos conjuntos a dar em caso de interrupção dos fornecimentos de hidrocarbonetos à Europa, nomeadamente provocada por terceiros países.

Segundo Anatoli Ianovski, vice-ministro da Energia russo, Moscovo espera uma resposta à sua iniciativa da parte da União Europeia.

"Estou pronto a iniciar negociações a todo o momento para que os coordenadores do diálogo energético russo-europeu possam assinar um documento na cimeira Rússia-UE, que terá lugar em Estocolmo, do dia 18 de Novembro", sublinhou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.