Pintura

Morreu hoje Júlio Resende

Morreu hoje Júlio Resende

 

Lusa/AO online   Cultura e Social   21 de Set de 2011, 12:52

Júlio Resende, que morreu hoje em Valbom (Gondomar), nasceu a 23 de Outubro de 1917 no Porto e em 1937 começou a frequentar a Escola de Belas-Artes da cidade, terminando o curso em 1945 com a pintura "Os Fantoches".
A primeira exposição do artista acontece em 1946, em Lisboa, cidade onde conhece Almada Negreiros.

Volta a viver no Porto em 1951, ano em que ganha o prémio especial na Bienal de S. Paulo. O tema principal da sua pintura é, na altura, a gente do mar.

Professor do ensino secundário, arrecada em 1952 o Prémio da 7.ª Exposição Contemporânea dos Artistas do Norte, ano em que também executa um fresco da Escola Gomes Teixeira, Porto e faz investigação sobre desenho infantil.

O responsável pela ilustração da obra de Fernando Namora "Retalhos da Vida de um Médico", recebe em 1997, a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique e realiza a decoração de azulejos da estação do Metropolitano de Lisboa de Sete Rios.

“O Desenho é expressão de um consciente que o particulariza", lê-se no sítio da Internet da Fundação Júlio Resende, instituição onde está reunido um espólio de cerca de dois mil desenhos do artista português.

Júlio Resende afirmou: “Que o Desenho seja entendido no seu mais amplo sentido. Não apenas restrito às Artes-Plásticas mas a todas atitudes criativas do Homem. Não é monopólio de qualquer época nem de qualquer sociedade.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.