Açoriano Oriental
Ministro diz que está a ser elaborado plano para combater a toxicodependência
O Ministro da Saúde, Paulo Macedo, disse hoje em Almada que está a ser preparado um plano para combater a toxicodependência, face ao aumento de 70% que se verificou nos atendimentos em unidades terapêuticas.
Ministro diz que está a ser elaborado plano para combater a toxicodependência

Autor: LUSA/AOnline

"Nós temos fatores na área da toxicodependência que têm tido uma evolução positiva na última década, temos outros que nos preocupam", disse.

Paulo Macedo comentava a notícia avançada hoje pelo semanário Expresso, de acordo com dados do relatório dobra a situação da droga em Portugal relativo a 2012, que aponta para um aumento significativo do consumo de drogas nos últimos anos.

"Num período tão longo (dez anos), há questões relacionadas com a economia, como o desemprego, que tem fenómenos de ligação, mas também há outras questões, culturais e sociais", justificou.

"O que nós temos que ver - é para isso que temos um plano - é como temos de atacar [a toxicodependência] nas diversas vertentes", acrescentou Paulo Macedo, sem avançar qualquer medida concreta do referido plano de combate à toxicodependência.

O Expresso adianta que os dados recolhidos pelo Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD) referem que, em 2012, o número total de toxicodependentes em tratamento chegou aos 38.900, mais dez mil do que em 2003.

Na mesma notícia, o diretor do SICAD, José Goulão, afirma que a recessão está a provocar um abuso das drogas e uma alteração dos padrões de consumo, com um regresso à heroína, que descreve como uma droga associada ao alívio do sofrimento e que, ao contrário de outras, não tem fins recreativos.

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.