Saúde

Ministra afasta hipótese de novo modelo de financiamento do SNS


 

Lusa / AO online   Nacional   20 de Nov de 2009, 15:58

A ministra Ana Jorge afastou a possibilidade de alterações na forma de financiamento do Serviço Nacional de Saúde (SNS), depois do primeiro-ministro ter referido o pagamento conforme as possibilidades e o uso dos serviços consoante as necessidades.
Durante o discurso na sessão comemorativa do milésimo transplante hepático do Hospital Curry Cabral, em Lisboa, o primeiro-ministro, José Sócrates, referiu que o país tem um SNS porque “aspira à igualdade”.

“Sim, à igualdade no acesso à Saúde. E é através do SNS que gostaríamos que todos os portugueses pudessem ser iguais no acesso à saúde. É por isso que temos um SNS para servir o valor da igualdade. Mas é também através do SNS que queremos dar expressão ao valor da equidade, que todos paguem em função das suas possibilidades e recebam em função das suas necessidades", sublinhou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.