Açoriano Oriental
Acidente/Madeira
Ministério Público requer julgamento de motorista de autocarro turístico

O Ministério Público requereu o julgamento do motorista do autocarro com turistas alemães que em abril se despistou em Santa Cruz (Madeira), “pela prática de 29 crimes de homicídio por negligência”, divulgou a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

article.title

Foto: EPA/HOMEM GOUVEIA
Autor: Lusa/AO Online

De acordo com a nota publicada no ‘site’ da PGDL, o requerimento de julgamento, em tribunal coletivo, refere-se também a três crimes de integridade física por negligência.

Em 17 de abril deste ano, o despiste de um autocarro de turismo na Estrada da Ponta da Oliveira, na freguesia do Caniço, provocou 29 mortos – 17 mulheres e 12 homens de nacionalidade alemã – e 27 feridos, dois dos quais portugueses.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.