Web Summit

Metro de Lisboa em greve também na quinta-feira no último dia da conferência

Metro de Lisboa em greve também na quinta-feira no último dia da conferência

 

Lusa/Ao online   Nacional   3 de Nov de 2018, 07:15

Os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa marcaram nova greve para quinta-feira, o último dia da cimeira de inovação e tecnologia Web Summit, disse esta sexta feira à agência Lusa a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS).

“Confirmo, já foi entregue o pré-aviso”, afirmou o coordenador José Manuel Oliveira, apontando que a paralisação terá os mesmos moldes da de terça-feira, que terá lugar já no decorrer da Web Summit.

A greve será parcial e vai levar à paragem do metro entre as 06:00 e as 09:30, explicou o coordenador.

De acordo com a FECTRANS, também este protesto se deve a reivindicações salariais.

Depois da greve de 18 de outubro, e da que terá lugar na terça-feira, a paralisação de quinta-feira será a terceira em dois meses.

Os trabalhadores justificam este protesto com a discordância com a proposta de atualização salarial plurianual de 24,50 euros para os anos de 2018 e 2019, apresentada aos representantes sindicais pelo conselho de administração da empresa.

A cimeira tecnológica, de inovação e de empreendedorismo Web Summit nasceu em 2010 na Irlanda e mudou-se em 2016 para Lisboa, devendo permanecer até 2028 no Altice Arena (antigo Meo Arena) e na Feira Internacional de Lisboa (FIL), em Lisboa.

Nesta terceira edição do evento em Portugal são esperados cerca de 70 mil participantes de mais de 170 países.

A edição deste ano realiza-se entre os dias 05 e 08 de novembro.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.