Açoriano Oriental
Metade dos 10,5 milhões de refugiados do mundo vive em meio urbano
Cerca de metade dos 10,5 milhões de refugiados do mundo, registados pela ONU, vive actualmente em grandes ou médias cidades, principalmente em países em vias de desenvolvimento, afirmou hoje o dirigente do ACNUR, António Guterres.
Metade dos 10,5 milhões de refugiados do mundo vive em meio urbano

Autor: Lusa/AO Online

O ex-primeiro-ministro português e Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), adiantou que pelo menos o dobro dos deslocados e refugiados, que regressam do exílio, também vive em meio urbano.

"Precisamos apagar da nossa mente a imagem ultrapassada de que a maior parte dos refugiados vive em imensos campos de tendas, geridos pelo ACNUR", disse Guterres, dias antes do encontro do Diálogo do Alto Comissário, a 09 e 10 de Dezembro, em Genebra, centrado nos desafios relativos à protecção de pessoas em contexto urbano.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.