Merkel pede "paciência" com a Grécia


 

Lusa / AO online   Economia   10 de Set de 2011, 13:10

A chanceler alemã, Ângela Merkel, pede aos alemães para terem “paciência” com a Grécia e defende que problemas criados durante anos não se podem resolver da noite para o dia, numa entrevista que será publicada domingo.

“Se se pensar, por exemplo, no processo de unidade alemã vê-se quanto tempo foi necessário no início dos anos 90 para criar novas infraestruturas administrativas, realizar privatizações e transmitir conhecimento. Isso quer dizer que temos de ter paciência”, disse Merkel.

Na entrevista ao jornal “Der Tagesspiegel”, a chanceler pediu ao Governo grego que não desista do seu esforço reformista e reiterou que as ajudas europeias só irão para a frente se Atenas cumprir com as condições impostas para o resgate.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.