Açoriano Oriental
Marcelo apela a “precauções acrescidas” nas estradas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, apelou esta segunda feira aos portugueses para que nesta quadra natalícia tenham "precauções acrescidas" nas estradas, pedindo para não conduzirem "se beberem".

article.title

Foto: Eduardo Costa/ LUSA
Autor: Lusa/Ao online

À saída de uma visita que fez esta tarde à associação Raríssimas, na Moita, distrito de Setúbal, Marcelo Rebelo de Sousa foi questionado pelos jornalistas sobre os números da operação da GNR "Natal Tranquilo".

"Aqui o apelo que há a fazer aos portugueses - é um período longo este porque é um fim de semana longo - é que se beberem não conduzam e peçam a alguém, a [um] familiar, que conduza, que beba um bocadinho menos", pediu.

O Presidente da República quer, por isso, que os portugueses "tenham precauções acrescidas" porque às vezes "o querer-se chegar depressa demais faz perder a vida num minuto ou ter um acidente que é dispensável".

"Um Feliz Natal para todos. Vamos vivê-lo hoje e amanhã ainda, mas com algum cuidado em termos de circulação no país", insistiu.

A operação "Natal Tranquilo" registou no terceiro dia, no domingo, 190 acidentes na estrada, que resultaram em cinco mortos e três feridos graves, elevando para 12 as vítimas mortais desde o início da operação, disse hoje fonte da GNR à Lusa.

Desde as 21:00 de sexta-feira, a operação da GNR registou pelo menos 830 acidentes que resultaram em 12 mortos e 21 feridos.

No domingo, segundo os dados provisórios da GNR, os acidentes rodoviários mortais tiveram lugar nos concelhos de Trofa, Rio Maior, Ovar, Almodôvar e Arcozelo (Ponte de Lima).

A GNR tem em curso desde as 21:00 de sexta-feira e até quarta-feira a Operação "Natal Tranquilo”, que prevê o reforço do patrulhamento e da fiscalização nas vias com maior tráfego nesta altura do ano no país.

A operação conta com a participação de mais de 1.400 militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos Comandos Territoriais.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.