Açoriano Oriental
Madeira responsabiliza Estado por problemas no sistema informático do Hospital do Funchal

O sistema informático do Serviço de Saúde da Madeira está esta segunda-feira condicionado, afetando prescrições médicas e pedidos de análises no Hospital do Funchal, situação que, segundo a região, se estende a nível nacional e é responsabilidade do Ministério da Saúde.

Madeira responsabiliza Estado por problemas no sistema informático do Hospital do Funchal

Autor: Lusa/AO Online

“O problema que está a afetar o Serviço de Saúde da Madeira (SESARAM) está relacionado com a não renovação atempada por parte dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) do certificado digital da plataforma da Prescrição Eletrónica Médica (PEM)”, segundo informação enviada hoje à agência Lusa pelo serviço regional de saúde.

O SESARAM assegura ser “alheio” a esta situação, adiantando que o problema “já afeta também outros hospitais a nível nacional”.

Segundo a mesma nota, “além da indisponibilidade da prescrição médica, esta situação está a afetar também o pedido de análises ao laboratório por via eletrónica”.

Na região, “de forma a ultrapassar temporariamente este constrangimento, o Núcleo de Informática do SESARAM procedeu à disponibilização de uma versão anterior de 'software' em alguns computadores de vários serviços com a devida indicação aos profissionais sobre a sua utilização”, conclui.

A situação que se verifica no Hospital do Funchal foi hoje divulgada pelo matutino madeirense Diário de Notícias.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.