Bolsa

Lucros da Sonae SGPS caiem 75,9% para 24,2 milhões de euros


 

Lusa/AO online   Economia   27 de Ago de 2008, 16:53

Os resultados líquidos da Sonae SGPS no primeiro semestre caíram 75,9 por cento para 24,2 milhões de euros, devido ao aumento dos custos de financiamento, anunciou a 'holding' liderada por Paulo Azevedo, em comunicado.
    "O resultado líquido atribuível ao grupo no período ascendeu a 24,2 milhões de euros, face aos 100,4 milhões de euros do primeiro semestre de 2007, devido sobretudo ao aumento das taxas de capitalização na Europa após estas terem atingido mínimos históricos no final do ano 2007, ao acréscimo dos custos líquidos de financiamento e aos menores resultados relativos a investimentos", refere o comunicado enviado pelo Grupo Sonae à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

    No mesmo período, o lucro antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) cresceu 11,6 por cento para 243,9 milhões de euros, "sobretudo devido ao aumento de 11,3 por cento do contributo do negócio de retalho", acrescenta o grupo.

    O volume de negócios cresceu 23,6 por cento para 2,4 mil milhões de euros, ao passo que a dívida líquida aumentou 38,2 por cento para 3,1 mil milhões de euros.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.