Residência Artística

Lois Patiño e Matias Piñeiro no Arquipélago

Lois Patiño e Matias Piñeiro no Arquipélago

 

Susete Rodrigues/AO Online   Cultura e Social   14 de Jun de 2019, 19:00

O Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, na Ribeira Grande, está a acolher a Residência Artística dos realizadores Lois Patiño e Matias Piñeiro, que se encontram na ilha de São Miguel para a rodagem de uma curta metragem que servirá como teaser do seu próximo filme “Ariel”.

Numa coprodução entre Portugal, Espanha e Argentina, “Ariel” é uma longa metragem de ficção que parte da obra “A Tempestade” de Shakespeare.

A Residência Artística dos realizadores, Lois Patiño e Matias Piñeiro, termina no próximo dia 18 de junho.

De acordo com nota, Lois Patiño é um realizador e artista plástico espanhol, autor de vídeos e videoinstalações exibidos em centros de arte internacionais, como o Centro Cultura San Martin (Buenos Aires), Konstnarshuset (Estocolmo), Copperfield Gallery (Londres), JIFF Art Gallery (Coréia do Sul) ou Galería Solar (Portugal), entre outros. Os seus filmes foram exibidos em festivais internacionais como Locarno, Toronto, Roterdão, São Francisco, Ann Arbor, e Viennale. Com “Mountain in Shadow” foi premiado várias vezes, e recebeu no Festival Internacional de Cinema de Locarno o prémio para melhor realizador emergente com seu trabalho “Costa da Morte”.

Matias Piñeiro,cineasta, guionista e intérprete argentino, ficou conhecido pela direção de filmes como “Rosalinda”, “Viola”, “La princesa de Francia” e “Hermia & Helena”, destacando-se como um dos cineastas mais empreendedores da sua geração e considerado um marco para o novo cinema argentino. Exibiu trabalhos no Buenos Aires Festival Internacional de Cine Independiente (BAFICI) e Festival Internacional de Cinema de Locarno, tendo ganho o prémio para melhor filme argentino com “Todos mienten” (2019), e “La Princesa de Francia” (2015), entre outras menções.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.