Lisboa e Porto são hoje palco de marcha internacional pelo clima


 

Lusa/Ao online   Nacional   8 de Dez de 2018, 11:29

Lisboa e Porto são os palcos portugueses de uma marcha internacional pelo clima, ao mesmo tempo que na Polónia representantes de quase 200 países debatem como aplicar o acordo de Paris para limitar o aquecimento global.

Por trás da marcha Climate Alarm, convocada através do Facebook, está a ideia de que "as metas estabelecidas pelo Acordo de Paris não são acatadas por nenhum dos países aderentes", como se lê na convocatória da marcha divulgada naquela rede social.

"Caminhamos para uma catástrofe e temos até 2030 para a contornar", afirmam os proponentes da iniciativa, que acontecerá também em França, Suíça, Luxemburgo, Estados Unidos, Itália, Suécia e Japão.

A mensagem que querem passar aos líderes mundiais é que é preciso limitar o aquecimento global a 1,5 graus centígrados em relação ao que acontecia antes da era industrial.

Em Lisboa, a concentração para a marcha começa às 13:00 no número 129B da Avenida da Liberdade, em frente da sede da empresa petrolífera Australis, que tem contratos ativos em Portugal.

No Porto, a concentração começa às 14:30 junto à Capela das Almas e dirige-se depois em marcha para a Praça da Batalha.

Várias organizações ambientalistas, como a Climáximo, em Portugal, e o movimento internacional Extinction Rebellion estão por trás da convocatória.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.