Açoriano Oriental
Açores/Eleições
Líderes partidários entram na campanha, Rio começa 5.ª feira

O presidente do PSD, Rui Rio, inicia esta quinta-feira uma visita de dois dias ao arquipélago dos Açores, à qual se seguirão outras iniciativas marcadas pelos partidos, a poucas semanas das eleições na região.

Líderes partidários entram na campanha, Rio começa 5.ª feira

Autor: Lusa/AO Online

De acordo com a agenda oficial divulgada pelo PSD, o presidente do PSD, Rui Rio, estará na quinta-feira no Porto da Horta, ilha do Faial, onde passará todo o dia, terminando a visita no dia seguinte na ilha do Pico.

A visita do presidente social-democrata a estas duas ilhas foi articulada com o PSD/Açores, não estando ainda fechado se Rui Rio voltará ao arquipélago durante o período de campanha oficial.

As eleições regionais dos Açores estão marcadas para o dia 25 de outubro, com a campanha eleitoral a arrancar dia 11 e a terminar dia 23.

Quanto ao Bloco de Esquerda, a coordenadora, Catarina Martins, esteve em São Miguel no passado dia 20 de setembro, na conferência eleitoral de apresentação dos candidatos, e “deverá ainda participar na campanha nos dias 16 e 17 de outubro”, confirmou à Lusa fonte oficial.

O presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, também já esteve em julho no arquipélago para acompanhar as jornadas parlamentares do CDS-PP/Açores, e vai visitar as várias ilhas dos Açores durante esta semana e regressa na última semana de campanha, adiantou fonte oficial.

Pelo PS, não está prevista a deslocação do secretário-geral do PS, António Costa. À Lusa, fonte oficial daquele partido disse que “dadas as limitações na circulação e no contacto”, o partido tem tido presente na campanha o presidente do PS e também ex-presidente do governo regional açoriano, Carlos César, tendo ainda um “vasto conjunto de dirigentes nacionais que fizeram vídeos e enviaram mensagens”.

Jerónimo de Sousa também marcará presença no arquipélago antes das eleições regionais, nos dias 10 e 11 de outubro. No primeiro dia, o secretário-geral dos comunistas contará com uma sessão pública durante a manhã em Ponta Delgada (São Miguel) e um jantar em Angra do Heroísmo (Terceira), terminando a visita com um almoço no Faial.

Nas eleições regionais açorianas existe um círculo por cada uma das nove ilhas mais um círculo regional de compensação, que reúne os votos que não foram aproveitados para a eleição de parlamentares nos círculos de ilha.

Ao todo, são 13 as forças políticas que se candidatam à Assembleia Legislativa Regional.

Nas anteriores legislativas açorianas, em 2016, o PS venceu com 46,4% dos votos, o que se traduziu em 30 mandatos no parlamento regional, contra 30,89% do segundo partido mais votado, o PSD, com 19 mandatos, e 7,1% do CDS-PP (quatro mandatos).

O BE, com 3,6%, obteve dois mandatos, a coligação PCP/PEV, com 2,6%, um, e o PPM, com 0,93% dos votos expressos, também um.

O PS governa a região há 24 anos, tendo sido antecedido pelo PSD, que liderou o executivo regional entre 1976 e 1996.

No mais recente ato eleitoral, para as legislativas nacionais de 2019, estavam recenseados e aptos a votar nos Açores 228.975 eleitores.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.